ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE COBERTURAS VERDES

Rua João da Maia nº 540
4475-643 Maia
(00351) 931 645 040
baseancv@greenroofs.pt

 

Associação Nacional de Coberturas Verdes

A ANCV (Associação Nacional de Coberturas Verdes) é uma Associação da Sociedade Civil, sem fins lucrativos, que tem como objectivo a promoção das infra-estruturas verdes nas cidades, principalmente aquelas que se podem instalar em edifícios (novos ou pré-existentes) como são as coberturas verdes, evidenciando a sua enorme importância, e os inúmeros contributos que podem dar para que seja possível criar territórios urbanos saudáveis, sustentáveis, biodiversos e resilientes. Na sua missão, corpos sociais, e diferentes atividades, promove a colaboração entre empresas, municípios e grupos de investigação nacionais e estrangeiros.

 

EQUIPA

Engº Paulo Palha
Presidente

Lienciado em Engenharia Agronómica pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), desde 1999 desenvolve trabalhos nas áreas da arquitectura paisagista, construção e manutenção de jardins, coberturas verdes e infraestruturas verdes. É actualmente Director-Geral da empresa Neoturf tendo fundado a empresa Landlab. Já desenvolveu, inúmeros projectos de jardins e coberturas verdes, tendo coordenado as obras/instalação da grande maioria destes, alguns deles no estrangeiro.
Foi fundador da associação nacional de coberturas verdes ANCV da qual é o actual presidente da direcção. Neste ambito de salientar a coordenação do grupo de trabalho para o primeiro guia técnico Português para projeto, construção e manutenção de coberturas verdes, e mais recentemente  a autoria e coordenação do Projeto Quinto Alçado do Porto, projeto que pretende definir como introduzir as coberturas verdes na estratégia ambiental e urbanística da cidade do Porto. Este projecto foi distinguido internacionalmente, e premiado na conferência “Green Infrastructure: Nature Based Solutions for Sustainable and Resilient Cities” (2017) que se realizou em Orvieto, Itália.  É actualmente vice-presidente do board da EFB (Federação Europeia de coberturas verdes) e representante de Portugal na World green infrastructure network WGIN.
Tem desenvolvido trabalhos de investigação no âmbito das coberturas verdes, soluções com base na natureza (nature based solutions), infraestruturas verdes (green infrastructures) e serviços ecossistémicos (ecosystem services), estando muitos destes trabalhos publicados.
É convidado frequentemente para a realização de cursos, aulas em diversas universidades, conferências e júris, a nível nacional e internacional. Ao longo da sua carreira já ganhou inúmeros prémios nacionais e internacionais.
 

Profª Doutora Cristina Calheiros
Vice-Presidente

Cristina Calheiros é Engenheira do Ambiente (ESB-UCP) e Doutorada em Biotecnologia (Ciência e Engenharia do Ambiente). É Membro sénior da Ordem dos Engenheiros. Lecionou na ESB-Universidade Católica Portuguesa e é Professora convidada no Mestrado em Environmental Sciences and Management at Institute of Science and Environment na University of Saint Joseph – Macau SAR/China. Atualmente é investigadora no CIIMAR-Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto.

As suas áreas de investigação englobam: biorremediação de solos e águas, gestão e tratamento de águas, desenvolvimento e estudo de ecotecnologias (nomeadamente coberturas verdes, leitos de plantas e ilhas flutuantes), infraestruturas verdes e serviços dos ecossistemas em contexto urbano, educação para a sustentabilidade e economia circular. É membro fundador da Associação Nacional de Coberturas Verdes.

Engº José Ávila e Sousa
Tesoureiro

José Ávila e Sousa, licenciado em Engenharia Civil pela Universidade de Coimbra, tem consolidado a sua formação através da participação em seminários, conferências e eventos internacionais, mantendo um contacto estreito com o meio científico.

Ocupa atualmente o cargo de Diretor Técnico do Grupo Preceram, sendo também responsável pelo Departamento de Comunicação e Imagem.

Entusiasta dos temas da sustentabilidade e inovação, no âmbito dos produtos destinados à construção, coordena ainda a investigação e desenvolvimento de novos produtos em diversas empresas do grupo, nomeadamente Gyptec Ibérica e Argex.

Prof.ª Doutora Cristina Matos Silva
Membro da Direção

Cristina Matos Silva é Engenheira Civil com experiência em desenho de estruturas e fundações, serviços de construção, comportamento térmico e acústico, bem como serviços de supervisão de construção e assistência técnica. Atualmente é Professora Assistente no Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa. Os seus interesses de investigação centram-se nas infraestruturas verdes, nomeadamente na sua avaliação económica, desempenho térmico e acústico e planeamento de manutenção em clima mediterrâneo. O seu trabalho também avalia a eficiência dos sistemas de captação de águas pluviais, tanto à escala urbana como de construção, e quando combinados com soluções de coberturas verdes. É membro fundadora e vice-presidente da Associação Portuguesa de Coberturas Verdes e membro dos Comités Técnicos Portugueses para coberturas verdes e sistemas de captação de águas pluviais em edifícios.

Arqª Ana Mesquita
Membro da Direção

Licenciada e com mestrado em Arquitetura Paisagista pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, tendo realizado parte do seu percurso académico na cidade de Copenhaga, na Dinamarca, como bolseira do programa Erasmus. O seu percurso profissional teve foco nas Coberturas Verdes, nomeadamente no desenho, conceção e aconselhamento de projeto. É atualmente coordenadora geral da empresa Landlab lda. Frequentemente realiza Workshops e Ações de formação sobre Coberturas e Paredes Verdes.

Arqª Beatriz Castiglione
Membro da Direção

Beatriz Castiglione é licenciada e mestre em Arquitetura Paisagista pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), tendo realizado parte do seu percurso acadêmico na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), ao abrigo de um programa de mobilidade. Em 2014 foi bolseira de investigação do CIBIO (Research Center for Biodiversity and Genetic Resources), no Porto, onde fez investigação sobre agricultura urbana. Em 2015 exerceu como Arquiteta Paisagista no setor privado em Cuenca, no Equador, estando envolvida em projetos maioritariamente de carácter público. Em 2016 começou a trabalhar na Associação Nacional de Coberturas Verdes (ANCV) no “Projeto Quinto Alçado do Porto”, um projeto pioneiro em Portugal que teve como objetivo definir uma política de incentivo a coberturas verdes para a cidade do Porto. Desde janeiro de 2018 trabalha como Arquiteta Paisagista no departamento de projetos da Neoturf e é membro da Direção da Associação Nacional de Coberturas Verdes. É autora de artigos e publicações científicas. 

Prof.ª Doutora Ana Cristina Rodrigues
Membro da Direção

Ana Cristina Rodrigues é Engenharia Biológica (UM, 1995), Mestre em Tecnologias do Ambiente e Doutorada em Engenharia Química e Biológica (UM, 2003). Pós-doutorada em requalificação de sistemas aquáticos eutrofizados. É Professora Adjunta e Subdiretora da Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESA-IPVC). É investigadora (membro integrado) da proMetheus - Unidade de Investigação em Materiais, Energia e Ambiente para a Sustentabilidade do IPVC e do Centro de Engenharia Biológica da Universidade do Minho (membro colaborador). Foi sócia-fundadora da spin-off Simbiente – Engenharia e Gestão Ambiental (2004-2009).

Desenvolve atividade pedagógica e técnico-científica nas áreas de gestão ambiental, ecotecnologias para o tratamento de águas e resíduos, conservação e recuperação de ecossistemas. Coordena projetos de sustentabilidade, economia circular e eficiência hídrica.

Arqª Jéssica Fogeiro
Coordenadora Executiva

Jéssica Fogeiro

Frequentou a licenciatura de Marketing na Universidade de Aveiro, é licenciada em Design de Ambientes e Mestre em Arquitectura Paisagista pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Realizou parte do seu percurso académico na cidade de Roma, Itália, na universidade La Sapienza, Facoltà di Architettura di Roma, a cargo de uma bolsa do programa erasmus.

É Climate Reality Leader, pertencendo a uma rede global de ativistas comprometidos em divulgar a crise climática e trabalhar em busca de soluções e faz parte da equipa de consultores para a rede do portal AQUA+, da ADENE, para a certificação hídrica dos edifícios residenciais. 

Prof. Doutor Silva Afonso
Presidente do Conselho Fiscal

Membro Conselheiro e Especialista em Engenharia Sanitária pela Ordem dos Engenheiros. Engenheiro Civil (FEUP), Doutorado em Engenharia Civil (Hidráulica, Recursos Hídricos e Ambiente). Lecionou na FCTUC e no ISEC, sendo atualmente Professor Catedrático Aposentado (Convidado) do Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Aveiro. É autor de três livros técnicos e 160 artigos em revistas e congressos internacionais. Exerceu funções na administração pública como Diretor Regional do Ambiente da Região Centro, Presidente da Comissão de Coordenação da Região Centro e Presidente do Conselho Diretivo do Centro de Estudos e Formação Autárquica. É fundador e atual Presidente da Direção da ANQIP (Associação Nacional para a Qualidade nas Instalações Prediais), e fundador da Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos (APRH) e da Associação Nacional de Coberturas Verdes (ANCV). Perito convidado da Comissão Europeia no âmbito da eficiência hídrica em edifícios. É o atual Presidente do Conselho Diretivo da Ordem dos Engenheiros na Região Centro.

Doutora Marta Moreira
1º Vogal Conselho Fiscal

Marta Helena Campos da Silva Moreira nasceu no Porto, em 1973, exerce funções na Câmara Municipal da Maia desde 1997 e integra o mapa de pessoal desde 2001, onde ingressou na carreira de técnica superior no então designado Departamento de Ambiente e Qualidade de Vida. Em 2005 assumiu as funções de coordenadora e gestora das atividades, serviços e recursos humanos do Complexo de Educação Ambiental da Quinta da Gruta e do Parque de Avioso – S. Pedro, sendo estes dois equipamentos municipais dedicados à educação e sensibilização ambiental de vários públicos. É responsável pela realização e execução do Plano de Educação Ambiental do Concelho da Maia, pela gestão diária das hortas urbanas no Município da Maia, pela implementação e acompanhamento da certificação em Modo de Produção Biológico da Quinta da Gruta e pela realização e acompanhamento de vários protocolos de cooperação com diversas entidades externas com e sem fins lucrativos. A 29 de setembro de 2017, foi nomeada Chefe da Unidade Técnica de Apoio à Educação e Formação Ambiental da Câmara Municipal da Maia. A 01 de dezembro de 2017, foi nomeada chefe da Divisão do Ambiente da Câmara Municipal da Maia, função que continua a exercer até à atualidade.

É licenciada em Relações Públicas e pós-graduada em Gestão de Recursos Humanos, pelo Instituto Superior da Maia, mestre em Cidadania Ambiental e Participação, pela Universidade Aberta, e possui o Curso de Estudos e Formação para Altos Dirigentes da Administração Local (CEFADAL), pela Fundação CEFA. Possui, ainda, várias formações diversas, nomeadamente, na área da agricultura biológica, das plantas aromáticas e medicinais, dos espaços verdes, da propagação de plantas, hortas urbanas, resíduos, entre outros. Dinamiza várias iniciativas de grande dimensão em prol do ambiente, dirigidas ao público em geral. Participa frequentemente em entrevistas e programas televisivos em direto no âmbito da divulgação de atividades relacionadas com a temática ambiental.

É monitora de estágios de alunos da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e do Politécnico do Porto. É co-autora do livro Horticultura Social e Terapêutica – Hortas Urbanas e Atividades com Plantas no Modo de Produção Biológico, da Editora Publindustria, publicado no ano 2013.

Prof. Doutor Mário Reis
2º Vogal Conselho Fiscal

Doutorado em Ciências Agrárias, pela Universidade do Algarve na especialidade de Produção Vegetal, com um estudo sobre o tema: “Compostagem e caracterização de resíduos vegetais para utilização como substratos hortícolas”. Professor Auxiliar da UALg na Faculdade de Engenharia de Recursos Naturais, desde 1997, em áreas de Agronomia: horticultura e compostos de resíduos agroindustriais e florestais.

Coordenou e participou em projetos de IE&D, nacionais e internacionais sobre cultivos sem solo e compostos orgânicos como substratos hortícolas.

No seu currículo conta, também, com colaborações e participações em comissões organizadoras e científicas, estágios e teses, revistas científicas nacionais e internacionais, painéis e capítulos de livros, em temas relacionados com horticultura, compostos e substratos

É membro da Associação Portuguesa de Horticultura e da International Society for Horticultural Science.

Prof. Doutor Luís Calafate
Presidente da mesa da Assembleia Geral

Professor no departamento de Biologia da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, interessa-se pela exploração das dimensões da sustentabilidade urbana, compreensão da estrutura, dinâmicas e funções dos ecossistemas urbanos. As suas áreas de investigação englobam coberturas verdes extensivas, engenharia ecológica de paredes e defende que a biodiversidade urbana tem um papel crucial na biodiversidade global. Conta com a participação em diversos artigos científicos, projetos e conferências desenvolvidos nas áreas das tecnologias, sustentabilidade e biodiversidade.

Prof. Doutora Cristina Branquinho
1º Secretário

Licenciada em Biologia e Doutorada em Ecologia pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Atualmente é Professora Associada da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e pertence ao cE3c, Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais. Lidera o grupo de Ecologia das Alterações Ambientais onde, entre outros temas, desenvolve investigação na área da ecologia urbana. Nomeadamente na importância que as infraestruturas verdes urbanas têm para o fornecimento de vários serviços de ecossistemas, tais como, a purificação do ar, a regulação climática, a infiltração de água, a proteção do solo e o bem-estar humano. Nesse âmbito têm ainda interesse no desenvolvimento de coberturas verdes ecológicas e sustentáveis em ambientes com pouca disponibilidade hídrica.

Prof. Doutor António Tadeu
2º Secretário

Doutorado em Engenharia Civil pelo Massachusetts Institute of Technology em Boston nos Estados Unidos, onde esteve posteriormente um ano como investigador convidado.

Atualmente é professor universitário na Universidade de Coimbra e presidente da direção da ITeCons.

Visão 

Problemas como a poluição, índices de impermeabilização dos solos, densidade e qualidade das construções, ineficiência energética e perda da biodiversidade, têm-se agravado nas últimas décadas, coincidindo com fenómenos climáticos extremos, e cada vez mais frequentes, tais como ondas de calor/seca e fenómenos de precipitação extrema. 

A evidência dos inúmeros serviços que as coberturas verdes podem trazer para o ambiente urbano, faz com que estas sejam parte da estratégia ambiental das cidades modernas, sendo já uma obrigação em cidades como Copenhaga, e altamente incentivadas por diversos governos um pouco por todo o mundo.

A retenção de precipitação e atraso do pico de cheia, o isolamento térmico, a proteção e aumento do tempo de vida da impermeabilização, a criação de nichos de biodiversidade, a captação de CO2 e produção de oxigénio; associados à melhoria da paisagem urbana e valorização dos edifícios, fazem parte do conjunto de argumentos de inegável valor que tornam inquestionável a necessidade de introdução das coberturas verdes nas cidades, demonstrando a urgente necessidade de se considerar a vegetação como um obrigatório material de construção.

MISSÃO

A ANCV desenvolve um conjunto de ações, tais como:

- Promoção, junto do Governo e dos Municípios, das coberturas verdes como parte das estratégias ambientais e energéticas;

- Promoção e divulgação de estudos científicos que demonstrem os inúmeros serviços que as coberturas verdes proporcionam;

- Estabelecimento de relações e desenvolvimento de trabalhos com as associações congêneres a nível europeu, com um foco especial nas que partilham as condições climáticas típicas do mediterrâneo;

- Criação de uma base de dados nacional de coberturas verdes; 

- Organização e promoção de eventos de formação e divulgação;

- Edição de especificações técnicas que promovam bons projetos e boas obras;

- Divulgação de estudos, normas e guias técnicos nacionais e internacionais;

- Participação na criação e revisão da regulamentação e legislação nacional do sector.

ÓRGÃOS SOCIAIS 

 

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

Presidente: Prof. Doutor Luís Calafate

1º Secretário: Prof.ª Doutora Cristina Branquinho

2º Secretário: Prof. Doutor António Tadeu

DIRECÇÃO

Presidente: Engº Paulo Palha

Vice-Presidente: Prof.ª Doutora Cristina Calheiros 

Tesoureiro: Engº Ávila e Sousa

CONSELHO FISCAL

Presidente: Prof. Doutor Silva Afonso

1º Vogal: Doutora Marta Moreira

2º Vogal: Prof. Doutor Mário Reis

 

RELATÓRIO DE CONTAS 

 

 

 

 

 

 

 

TORNAR-SE SÓCIO DA ANCV 

Quota anual: Efetivos individuais: 30 € | Efetivos coletivos, com volume de faturação superior a 500.000€: 500€

Efetivos coletivos, com volume de faturação inferior a 500.000€: 250€ |Isenção de Quotas para Membros Institucionais e Estudantes  

© 2021 Associação Nacional de Coberturas Verdes | by Thesign